A auto-biografia de uma adolescente que se tornou mulher e que conta a todos a sua vida promiscua desde que descobriu essa coisa tão boa que é o SEXO. ESTE BLOG NÃO É ACONSELHÁVEL A PESSOAS COM MENTE RETRÓGRADA OU RACISTAS

Comenta
23
Set 09

 

Como já vos disse a JU passou por uma fase má devido ao consumo de drogas, e para sustentar o vicio dela e do cabrão do alemão que conheci quando estive de férias na Áustria com ela, passou por uma casa de alterne.
 
 
Esse gajo (nunca gostei dele desde o primeiro dia que o vi), para mim foi o principal responsável pela vida em que ela se meteu, conhecia a JU como mais ninguém nunca a vi com tendência para se meter em maus vícios, de vez em quando fumávamos uns charros e nunca se passou mais que isso e em várias ocasiões tivemos outras substâncias à nossa disposição e nunca ficamos tentadas a experimentar, segundo ela me disse um pouco depois de eu estar de férias com ela na Áustria eles mudaram-se para Budapeste onde começou a má vida, eu  estive também com eles lá em Budapeste e aqueles sítios que ela frequentava não eram para meninas de boas famílias :), devido a isso ela ficou sem emprego e ao principio com o dinheiro que ganhou os primeiros tempos foi só farra enquanto havia dinheiro nos bolsos (dela porque ele tal como suspeitava trabalho não era para ele) foi gastar até mais não, quando o dinheiro acabou estava metida numa vida que não a podia sustentar mais, ainda trabalhou em hotéis e restaurantes mas a vida em Budapeste não é igual à Áustria, o dinheiro não dava para os dois e o vicio já era grande e dispendioso. O gajo que se dava bem no mundo da noite e não era parvo rapidamente descobriu a ideia de ter dinheiro, deu-lhe a volta à cabeça e conseguiu que ela fosse trabalhar para um clube nocturno tipo casa de alterne, ela disse-me que não se prostituía e nem quero acreditar que isso possa ter acontecido, gosto muito de sexo mas foder para arranjar dinheiro nunca fazia, a única coisa parecida que fiz foi quando era pitinha foi andar com um gajo dos carrosséis dumas festas que se faziam na minha terrinha e para os quais não tinha dinheiro e assim andei com o gajo durante toda festa aquilo é que foi andar de carrinho de choques a toda a hora que queria só com uma ficha hehehe aí teve um caso engraçado, era eu e uma outra amiga minha da altura mais velha que eu e bem puta  e os gaijos que trabalhavam nos carrinhos de choques eram também dois um meio cigano e um preto naquela altura discuti com ela que só ia se fosse com o branco porque não queria o preto sem saber o que estava a perder porque actualmente os pretos são a minha perdição :). nunca se sabe a voltas que a vida dá heheheh, além desse caso tive outro que fui para a cama com um quarentão por um contrato que a empresa em que trabalhava na altura precisava, mas aí o quarentão era bom como o milho e o sacrifício não era nada de deitar fora, pena que os homens são como os melões só se sabe se são boas fodas quando os abrimos heheheh e aquele era muito bonito por fora e a foder não valia nada por isso agora homem bonito não me diz nada heheheh.
 
 
 
A Ju nesse clube dizia-me que ganhava à comissão das bebidas e dos table dance que fazia, como ela é mesmo boa, rapidamente começou a ser o centro das atenções do publico masculino e começou a facturar, elas não eram obrigadas a sair com os clientes mas havia meninas que não era tão bem feitinhas como a minha menina ;) tinham que sair com os clientes para tirar um bom ordenado, ela segundo me dizia chegou a sair com clientes mas não pelo dinheiro mas porque lhe dava tesão divertia-se e no fim ainda lhe deixavam umas notas disse-me ela com aquele riso de criança que eu tanto adoro :) 
Doida como ela é disse-me que quando tinha de fazer table dance privados com gaijos que ela não gostava dizia-lhe ao ouvido que a tara dela era meter o dedo no cu a um gaijo, muitos acabavam logo com o table dance enojados e outros que não era tão poucos como se pensa diziam que sim aí é que ela ficava lixada e tinha que arranjar outra maneira para lhes tirar a tusa ;) (meninos mais preconceituosos experimentem um dia que não deixam de ser mais homens por experimentar uma coisa que vos vai dar prazer isso posso garantir já tive muitos machos e bem machos a quem comi o cu com o meu dedo e continuam a ser homens com H grande, é a minha opinião).
Felizmente a minha Ju saiu dessa vida bem rápido porque lhe fiz ver que isso não era vida e tinha que voltar para Portugal e deixar essa vida para trás, consegui que ela voltasse e sem o cabrão, ele ainda cá esteve mas ela foi forte nem o quis ver, ela conseguiu escapar a tempo mas muitas meninas não o conseguem infelizmente.
 
 
 
 
 
 
 
Portanto meninos quando forem ás putas, tratem-nas bem porque se há mulheres que escolhem essa profissão de livre vontade há outras que são obrigadas a prostituírem-se e podem estar em dificuldades como a minha JU, não digo que as tentem salvar a todas porque isso é impossível e se não forem com vcs vão com outros mas tentem meter-lhes na cabeça que tem de parar com essa vida. Não é que eu seja a 100% contra a prostituição porque há muitos casos de maus tratos e exploração a mulheres mas concordo com a Holanda que legalizou a prostituição diminuindo assim esses casos de abuso porque é controlada , não vamos pensar que se pode acabar com a prostituição porque sempre foi e vai continuar a ser a mais velha profissão do mundo e por incrível que pareça também trás benefícios,  acredito que se não houver meninas a satisfazer muitos gajos os casos de violações iriam ser muito maiores,
 
 
e prostitutas há muitas dou mais valor a aquelas que o assumem que não deve ser nada fácil do que muitas meninas que são consideradas como "normais" e andam aí a foder com este e aquele para terem aquilo que querem mas a sociedade a essas não recrimina :( .... enfim é só a minha opinião
 
 
 
publicado por Suzy às 01:09
sinto-me: que fiz o correcto
música: Sigur ros

Olá Suzy!

É bom saber k a "JU" está recuperada desse flagelo k é a prostituição, muito embora eu concorde com essa profissão porque prestam um serviço de utilidade para a sociedade.

Recordo k no tempo da outra senhora "elas" eram mais bem tratadas do k são hoje, tinham serviços médicos que lhes davam assistência e até tinham boletim de sanidade.

Amiga, desculpa o intróito, mas talvez não saibas "Elas" eram bem tratadas:)


Um Beijo Grande
imbicta a 23 de Setembro de 2009 às 17:37

Se no tempo da outra senhora (espero que não estejas a falar da Manela Ferreira Leite hehehehe e tb o tempo dela ainda não chegou) elas eram mais bem tratadas então espero que se volte ao antigamente.

É obvio que não sabia que as tratavam bem e se assim era espero que agora tambem seja, mas vejo tantas noticias de maus tratos que me revolta ;(

Jokas

Suzy
Suzy a 23 de Setembro de 2009 às 23:11

Olá Suzy!

Bom dia,

Não é dessa "senhora" k estou a falar, mas acredita k há meretrizes k têm melhor aspecto do k ela.Meu deus, mas k grande fronha a senhora tem poderiam ter escolhido melhor para a presidência do partido.Eheheheh!

Percebeste a mensagem...agora vou votar um esgar aos outros Blogs, para ver como param as modas.

Beijos Grandes para ti e para a Ju

imbicta a 24 de Setembro de 2009 às 08:50

Beijo Suzy,

Obrigado pela visita aos Gugas.

Vou meter o teu link... Cool Blog o teu.


Fica Bem

DCoric
Os Gugas a 24 de Setembro de 2009 às 09:39

WORLD CLOCK
De onde leram este blog
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
Contador
Free Hit Counters
Free Counter
Recados Para Orkut

Quantos estão a ler
mais sobre mim
I'M A BARBIE GIRL ;)
recados para orkut

Devaneios Linkados
recados para orkut


blogs SAPO